quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Por aí... Em Florianópolis

Este final de semana levei a Andreia, a prima portuguesa, para conhecer Florianópolis.
Conhecer naquelas, né, porque um fim de semana é muito pouco para se passar lá.
Fomos de avião, na sexta. Uma loucura para sair de São Paulo e chegar até Guarulhos
na sexta feira da corrida de Fórmula 1. Encontrei com a Andreia na rodoviária do
Jabaquara (porque ela ainda veio de Santos) às 17:30. O nosso avião saía às 21:45.
Tranquilo, né? NADA DISSO... Chegamos em Guarulhos um pouco depois das
20, comemos e foi o tempo certinho...
Eu havia reservado um carro pela internet. E ao desembarcarmos, lá estava um
senhorzinho com uma placa da Hertz me esperando. Nos levou até a loja. Lá, tudo
simples e rápido. Eu havia reservado um Celta, o mais simples e baratinho de todos.
Me deram um Gol, com ar e direção, pelo mesmo preço. Que bom.
Vou pular a parte que eu me perdi até chegar a Pousada. O santo google nessa hora,
pisou na bola. Depois de muito tempo é que me toquei que tem GPS no Iphone,
e foi o que me ajudou, muito.
Sábado saímos numa maratona para poder mostrar a Andreia o máximo da cidade.
Coitada... Ficou mais dentro do carro do que na praia. Fomos até a Lagoa da
Conceição, Armação, Pântano do Sul, Jurerê e Joaquina. Almoçamos no Pântano
e jantamos no Sambaqui.
Achei que eu ia ter uma intoxicação, porque eu só queria comer ostra...
No domingo, o dia amanheceu feio, frio e chuvoso. Fizemos reserva em um passeio de
escuna saindo de Canasvieiras. Ainda no caminho, passamos novamente na Joaquina e
no Santinho. A tarde, depois do almoço, o sol voltou a aparecer.
Infelizmente foi o tempo de chegarmos do passeio, pegar nossas coisas na pousada e
irmos para o aeroporto.
Corrido demais...
Mas valeu a pena. ADORO Florianópolis.
Não levei câmera. As poucas fotos fiz com o celular mesmo:

Da pousada tínhamos uma trilha que levava até a praia da Joaquina



Na praia do Jurerê

Ostras gratinadas... Ô Deus, que delícia...

Um comentário: