quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Por aí... Em Florianópolis

Este final de semana levei a Andreia, a prima portuguesa, para conhecer Florianópolis.
Conhecer naquelas, né, porque um fim de semana é muito pouco para se passar lá.
Fomos de avião, na sexta. Uma loucura para sair de São Paulo e chegar até Guarulhos
na sexta feira da corrida de Fórmula 1. Encontrei com a Andreia na rodoviária do
Jabaquara (porque ela ainda veio de Santos) às 17:30. O nosso avião saía às 21:45.
Tranquilo, né? NADA DISSO... Chegamos em Guarulhos um pouco depois das
20, comemos e foi o tempo certinho...
Eu havia reservado um carro pela internet. E ao desembarcarmos, lá estava um
senhorzinho com uma placa da Hertz me esperando. Nos levou até a loja. Lá, tudo
simples e rápido. Eu havia reservado um Celta, o mais simples e baratinho de todos.
Me deram um Gol, com ar e direção, pelo mesmo preço. Que bom.
Vou pular a parte que eu me perdi até chegar a Pousada. O santo google nessa hora,
pisou na bola. Depois de muito tempo é que me toquei que tem GPS no Iphone,
e foi o que me ajudou, muito.
Sábado saímos numa maratona para poder mostrar a Andreia o máximo da cidade.
Coitada... Ficou mais dentro do carro do que na praia. Fomos até a Lagoa da
Conceição, Armação, Pântano do Sul, Jurerê e Joaquina. Almoçamos no Pântano
e jantamos no Sambaqui.
Achei que eu ia ter uma intoxicação, porque eu só queria comer ostra...
No domingo, o dia amanheceu feio, frio e chuvoso. Fizemos reserva em um passeio de
escuna saindo de Canasvieiras. Ainda no caminho, passamos novamente na Joaquina e
no Santinho. A tarde, depois do almoço, o sol voltou a aparecer.
Infelizmente foi o tempo de chegarmos do passeio, pegar nossas coisas na pousada e
irmos para o aeroporto.
Corrido demais...
Mas valeu a pena. ADORO Florianópolis.
Não levei câmera. As poucas fotos fiz com o celular mesmo:

Da pousada tínhamos uma trilha que levava até a praia da Joaquina



Na praia do Jurerê

Ostras gratinadas... Ô Deus, que delícia...

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Por aí... A Família de Itu

No sábado foi o casamento da Dani, prima do Alê.
E foi tudo tão lindo... E eu me emocionei tanto e fiquei tão feliz
por esta realização do seu sonho... E aí ontem eu me dei conta
do porquê...
Minha mãe e meu pai são filhos únicos, então não tenho tios e
primos diretos. Tenho 2 primos em Portugal, filhos do meu tio,
meio irmão do meu pai. Aqui tenho a Lili, minha prima de coração,
que eu amo muito, e é, na verdade, prima do meu pai.
Então, eu peguei pra mim os tios e primos do meu marido, e tenho-os
como MEUS tios e primos. E os quero muito bem, um carinho muito
grande, um sentimento muito especial.

Tia Anita


Tio Toninho

Dani e Gustavo


Rê e Paulo
Lu e André

Essa é a minha família de Itu... (abafa, que o André e a Lu moram em SP,
mas eu os conheci em Itu, então fica sendo, tá?)

sábado, 12 de novembro de 2011

Por aí... Casamento da Dani

Passadinha rápida...
Só pra contar que hoje é o casamento da Dani, minha prima "postiça".
A Dani é prima do Alê, e hoje, depois de 11 anos (acho que é isso)
ela vai casar com o Gustavo.
Duas pessoas super queridas, sempre de bem com a vida.


Dani e Gustavo, muitas felicidades.
Adoro vocês.